FitMagazine

Mercado e vida fitness


Dennis Schwartz em 02/12/2014

Tire suas dúvidas sobre a Caseína

Bom dia galera! O post de hoje é sobre a caseína. Algumas pessoas que eu conheço já usaram ou pelo menos ouviram falar deste suplemento proteico, outras nunca ouviram falar, e algumas ainda ouviram falar mal. Por isso fizemos uma grande pesquisa sobre a caseína para ajudar a tirar as suas dúvidas. No entanto, lembre-se de que consultar um nutricionista é sempre o melhor caminho (o mais curto e o mais seguro) para quem está na luta para conquistar o corpo dos sonhos. Então vamos ao que interessa!+++

Caseína é uma proteína encontrada no leite fresco, sendo cerca de 80% da proteína encontrada no leite de vaca e entre 20% e 45% das proteínas no leite humano. Além de ser usada na produção de derivados de leite (como queijo), a caseína é usada na produção de adesivos, plásticos (para punhos de facas, cabos de guarda-chuvas, botões, etc), como aditivo de alimentos (marshmallow e outros) e para a produção de vários produtos alimentícios e farmacêuticos.

Usos

Por se tratar de uma proteína de absorção mais lenta pelo nosso organismo, a caseína normalmente é usada antes de dormir como anti catabólico, ou seja, como uma maneira de manter os níveis de proteínas disponíveis no organismo durante o sono para a recuperação muscular evitando que músculos saudáveis sejam consumidos para obtenção de energia.

Alguns estudos (1) apontam que atletas fazendo treinamento de força pesados e tomando whey + caseína tiveram ganhos musculares consideravelmente superiores aos atletas que fizeram o mesmo treinamento tomando uma combinação de whey, BCAA e glutamina.

Efeitos Adversos

Alguns nutricionistas pesquisados, como o caso da dra. Aline Pereira (2), apontam estudos que demonstram que a caseína pode ter um efeito anti-inflamatório, enquanto outros como o dr. André Eichstaedt (3) afirmam que a caseína é altamente inflamatória do sistema digestivo e não passa de um golpe da indústria de suplementos para aproveitar o resíduo da produção de whey protein.

Segundo estudos publicados recentemente (4), a caseína extraída do soro do leite de vaca pode causar intoxicação porque a caseína do leite de vaca não é igual à caseína do leite materno, e devido às reações dos nossos linfócitos, que repelem qualquera substância estranha ou antinatural, poderia causar até mesmo câncer e doenças autoimunes.

Conclusão

No momento, existem estudos e informações conflitantes sobre este suplemento, porém o FDA, órgão que regulamenta a venda de alimentos e remédios nos EUA autoriza a venda de suplementos à base de caseína, colocando apenas uma ressalva para pessoas com alergia a leite e derivados. No Brasil, a Anvisa permite o uso de caseína como alimento para atletas.

Lamentamos não ter uma resposta definitiva para a nossa dúvida sobre o uso ou não da caseína, mas de fato, parece que esta resposta, com absoluta certeza, ainda não existe no meio científico. Na dúvida consulte seu médico ou nutricionista, e lembre-se que existem substitutos para a caseína, como a albumina, que embora não tenha um sabor muito agradável, se você não for alérgico a ovos, pode cumprir basicamente o mesmo papel custando bem menos do que a caseína.

Fontes:
(1) http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16937979
(2) http://www.sncsalvador.com.br/mais-noticias/623-caseina-x-inflamacao.html
(3) http://nutrologiamedica.blogspot.com.br/2013/06/caseina-mais-uma-jogada-da-industria.html
(4) http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI204578-17933,00-LEITE+FAZ+MAL.html